SOS CANGUARETAMA

SOS CANGUARETAMA

sábado, 20 de dezembro de 2014

É BOM SABER: ABACATE

Benefícios do abacate
Os benefícios do abacate para a saúde incluem ajudar a melhorar o funcionamento do sistema circulatório porque contém gordura saudável, como os ômega 3 que facilita a circulação do sangue nas artérias e ajudar na formação das células do sangue prevenindo doenças como a anemia pois contém ácido fólico.
Além disso, o abacate também ajuda a prevenir doenças como o câncer pois tem antioxidantes que são substância importantes para ajudar a proteger as células do corpo, fortalecendo o organismo.

Benefícios do abacate para a pele

Os benefícios do abacate para a pele são principalmente combater as estrias, rugas e celulite porque esta fruta tem nutrientes que colaboram na metabolização do colágeno que dá firmeza à pele. Além disso, o abacate também tem antioxidantes que ajudam a proteger e a evitar o envelhecimento das células da pele, conferindo maior elasticidade e ficando a pele mais bonita e saudável.

Benefícios do abacate na musculação

Os benefícios do abacate na musculação incluem ajudar na hipertrofia muscular porque esta fruta fornece energia e tem proteínas. Além disso, também evita a fadiga muscular porque o abacate combate os radicais livres que surgem devido ao exercício intenso, provocando o envelhecimento celular e facilitando o aparecimento da fadiga. Os antioxidantes presentes naturalmente nos alimentos são altamente recomendados para os praticantes de musculação e o abacate é uma boa escolha.

Benefícios do abacate na gravidez

O benefício do abacate na gravidez é prevenir doenças congênitas em bebés como a espinha bífida. Durante a gravidez, é essencial o consumo de folato ou ácido fólico e o abacate é uma excelente fonte desta vitamina.

Benefícios do abacate para o cabelo

Os benefícios do abacate para o cabelo envolvem aumentar a hidratação, tornando os cabelos mais brilhantes e macios. Assim, os benefícios do abacate para o cabelo não surgem pela ingestão, mas sim pela possibilidade de fazer uma máscara com a polpa do abacate, que permite que o cabelo fique forte e bonito.

Benefícios do abacate para emagrecer

O benefício do abacate para emagrecer envolve aumentar a saciedade porque o abacate é rico em fibras que vão dar a sensação de estômago cheio e diminuir o apetite. Porém, o abacate é muito calórico e tem muita gordura, não sendo a fruta mais indicada para dietas de emagrecimento.

Benefícios do abacate para o cérebro

Os benefícios do abacate para o cérebro são principalmente melhorar a capacidade de memória pois tem omega 3 que é uma substância que melhora o funcionamento do cérebro para gravar informações. Além disso, o omega 3 também facilita a circulação do sangue no cérebro melhorando também a capacidade de estar atento e de aprender.

Informação nutricional do abacate

O abacate é rico em gordura boa do tipo monoinsaturada como o omega 3, fibras, antioxidantes, magnésio e ácido fólico.
Fonte: http://www.tuasaude.com/

NÃO FOI MUITO LONGE

 
Polícia prende homem que sequestrou ex-companheira em Pedro Velho
Policiais civis da Delegacia de Pedro Velho prenderam, nesta quinta-feira (18), Josimar Barbosa da Silva, conhecido por Tornado. Ele é acusado de ter sequestrado a sua ex-companheira e de tê-la mantido em cárcere privado, na última segunda-feira (15). Segundo informações policiais, a vítima de 16 anos foi mantida escondida em um matagal, na zona rural da cidade de Pedro Velho, e teria sofrido diversas agressões durante o dia.
No dia do crime, Josimar conseguiu fugir e a Polícia chegou a prender em flagrante dois envolvidos na ação, o irmão do acusado e Maria da Conceição, cunhada do sequestrador. 

Fonte: http://jornaldehoje.com.br/

SÓ MAIS UMA MANOBRA POLÍTICA


Servidores vão recorrer à Justiça
Os servidores estaduais vão acionar a Justiça para tentar derrubar a Lei Complementar nº 526 que unificou os Fundos Previdenciário e Financeiro do Rio Grande do Norte. O projeto de autoria do Executivo foi aprovado na última quinta-feira (18), na Assembléia Legislativa (AL), e publicado ontem (19), no Diário Oficial do Estado. Os sindicatos dos servidores já procuraram o Ministério Público (MPRN) e Tribunal de Contas (TCE) para formalizar a denúncia contra o Governo.
Desde que chegou à AL-RN, a mensagem governamental com o projeto de lei foi repudiada pelos servidores estaduais que são contra a proposta. Antes de ser aprovada pela maioria dos deputados estaduais (17 votos a favor e apenas 1 contra), na última quinta-feira, havia a  expectativa de que a lei  fosse discutida com sindicatos e órgãos de fiscalização externa. No entanto, o Executivo conseguiu articular com os parlamentares a aprovação do projeto antes de uma repercussão maior.
O projeto foi apresentado pelo Governo do Estado como manobra para cobrir o déficit de R$ 150 milhões na folha de pessoal referente ao mês de dezembro. Porém, com a unificação dos Fundos, a administração estadual terá à disposição  um montante superior a R$ 1 bilhão –  resultado de nove anos de contribuição de servidores estaduais.
Segundo o deputado estadual Fernando Mineiro (PT) – único parlamentar que votou contra a proposta –, a lei beneficia apenas a governadora. “O projeto só foi feito para livrar Rosalba das garras da Lei de Improbidade; para premiar a incompetência do seu governo. Com a lei sancionada, a governadora vai pegar o dinheiro e cobrir o rombo que ela mesma criou no Estado”, disse.
A lei une o Fundo Previdenciário – que reúne as aposentadorias de servidores até 2005 e possui um déficit mensal de R$ 68,6 milhões – com o Fundo Financeiro. Este, criado para servidores que ingressaram após 2005, é superavitário em mais de  R$ 1 bilhão e reúne contribuições de servidores que se aposentarem a partir de 2025.

De acordo com o presidente do Conselho Previdenciário do Estado, Nereu Linhares, os servidores estaduais são contra a unificação dos fundos porque autoriza o Estado sacar dinheiro que seria utilizado no futuro. “O servidor não pode aceitar isso. O Governo está tirando a garantia de que ele vai receber no futuro”, explicou.
Com a lei aprovada e publicada na edição de ontem do Diário Oficial do Estado, resta aos servidores tentar derrubar a validade da legislação por via judicial. Para isto, os sindicatos procuraram o MP-RN e TCE. O próprio Linhares esteve ontem na sede do Tribunal de Contas e falou com o Procurador-geral do Ministério Público junto ao TCE (MPjTCE), Luciano Ramos. Apesar do recesso no  órgão, o procurador se prontificou em conversar com os servidores estaduais na próxima segunda-feira (22). Também ontem, Nereu esteve com um representante do MPRN.
O coordenador-secretário do Sindicato dos Servidores Públicos da Administração Indireta do Rio Grande do Norte (Sinai-RN), Santino Arruda, confirmou que as assessorias jurídicas dos demais sindicatos estudam qual peça jurídica será formalizada para tentar barrar a lei de unificação dos fundos. “O entendimento é de que a Justiça deve acatar nosso pedido de suspensão dessa lei absurda”, contou. Arruda informou ainda que será realizada uma assembléia geral com os servidores na próxima segunda-feira, às 10h, na sede do Sindicato dos Servidores da Saúde do Estado (Sindsaúde-RN).
Fonte: Tribuna do Norte

quinta-feira, 18 de dezembro de 2014

CUIDANDO DO PRÓPRIO BOLSO




Congresso aprova aumento para os três poderes
A Câmara dos Deputados e o Senado Federal aprovaram ontem o aumento salarial dos ministros do Supremo Tribunal Federal, do procurador-geral da República, dos deputados e senadores. Esses cargos passarão a receber o valor de R$ 33.763 por mês.
Com a aprovação, também foram chancelados os novos vencimentos da presidente Dilma Rousseff, do vice-presidente Michel Temer e de ministros de Estado, que a partir de 2015 receberão R$ 30.934,70 mensais, ou 15,76% a mais do que o valor atual (R$ 26.723,13). O último reajuste para o comando do Executivo foi dado no final de 2010.
Primeiramente, o texto passou pelo plenário da Câmara. Mais tarde, foi a vez do Senado aprovar a medida. A expectativa inicial era que as correções dos salários fossem votadas na noite de terça-feira, mas não houve acordo.
Teto
Os deputados e senadores recebiam mensalmente, também desde 2011, os mesmos R$ 26.723,13. Eles decidiram, no entanto, igualar seus salários aos da cúpula do Judiciário e do Ministério Público Federal, cujos subsídios, que são o teto do funcionalismo público, estão hoje em R$ 29.462,25.
A equiparação salarial é uma bandeira dos deputados que atuam inclusive para aprovar uma Proposta de Emenda à Constituição (PEC) que cria um “gatilho” para reajustar automaticamente os vencimentos dos congressistas sempre que os ministros do Supremo receberem um aumento.
Os deputados, no entanto, atenderam apenas parcialmente ao pleito dos ministros do Supremo, que pediram inicialmente uma atualização maior, que chegaria a R$ 35.919,05.
De acordo com dados da Consultoria de Orçamento da Câmara dos Deputados, o impacto dos novos valores para 2015 é de, no mínimo, R$ 553,2 milhões no orçamento da União.
Esse cálculo, no entanto, não leva em conta o “efeito cascata” que a correção dos subsídios dos integrantes do Supremo Tribunal Federal causa nas carreiras nos Estados, uma vez que o salário dos ministros da Corte é o teto do funcionalismo público.
Depois de aprovarem os novos salários, os deputados também tentaram passar uma atualização salarial para os membros da Defensoria Pública da União. Mas, preocupado com o aumento de despesas diante da necessidade de ajuste nas contas públicas, o governo barrou a votação. Foi feito um acordo para voltar a debater a matéria no ano que vem.
Fonte: Tribuna do Norte

quarta-feira, 17 de dezembro de 2014

AVENIDA JOÃO GOMES DE TORRES E SEU ETERNO BURACO

 Parece brincadeira mais não é! Esse é mais um caso clássico de descaso e desrespeito ao cidadão, esse "maldito" buraco até aniversário já teve der feito.
 Colocando em risco a vida dos motoristas e motociclistas que circulam pela principal avenida da cidade. Por lá não passam apenas as pessoas comuns, as autoridades também passam, porém parece que não enxergam o tal buraco. 
Na verdade só irão tomar alguma providência quando acontecer um acidente, o pobre do canteiro já esta sendo castigado pelos motoristas desatentos.
Afinal de quem é o BURACO? Da Prefeitura ou da CAERN?
ISSO É UMA VERGONHA... Como já dizia Bóris Casoy.

JÁ DA PRA SE APOSENTAR COM DIGNIDADE


Professores da UFRN têm vitória milionária no TST
Um ação coletiva de precatórios movida pelo Sindicato dos Docentes da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (Adurn-Sindicato) foi julgada procedente pelo Tribunal Superior do Trabalho (TST). O objeto da ação é a incorporação e pagamento de valores que foram suspensos devido a planos econômicos emergenciais nos anos 1980, durante a crise do Cruzado. A disputava se arrastava desde 1997, com os valores devidos calculados em R$ 115 milhões à época. O montante será corrigido e a expectativa é cada professor receba entre R$ 250 mil e R$ 300 mil, o que dará mais de R$ 500 milhões em precatórios.
De acordo com o sindicato, a ação tinha como objetivo a incorporação e pagamento de valores que foram suspensos durante os Planos Bresser, lançado em 1987, e Plano de Verão, de 1989, que congelavam os salários de funcionários públicos e impediam o acúmulo de valores aos vencimentos dos servidores, assim como impedia o gatilho salarial. Com isso, as perdas dos 1.988 professores que poderiam ser beneficiados somou R$ 115 milhões, entre os anos 80 e 90. 
“Tínhamos reajustes de acordo com determinados momentos de nossa carreira, mas não houve o pagamento por aproximadamente 23 anos. Agora o dinheiro vai sair”, comemorou o professor Raimundo Nonato Nunes, da comissão de precatórios da Adurn, lembrando que os profissionais estiveram perto de desistir do benefício.
O processo original havia sido arquivado em 2011, por decisão judicial. Contudo, após uma assembleia em 19 de setembro do ano passado, a assessoria jurídica do sindicato decidiu protocolar uma chamada “ação rescisória da rescisória” dos precatórios junto ao Tribunal Superior do Trabalho (TST), que suspenderia os efeitos de decisão anterior que prejudicava inviabilizava o pagamento aos servidores. A ação dos professores, segundo a própria Adurn, foi julgada com base em questões processuais que não foram examinadas anteriormente.
Segundo a advogada Andreia Munemassa, uma das profissionais que defendeu o sindicato, o ajuizamento da rescisória pela UFRN na Justiça do Trabalho não poderia ter sido feito, uma vez que a decisão de mérito se deu no Tribunal Superior do Trabalho. “Trata-se de uma situação de impossibilidade jurídica”, explicou.

O advogado Eduardo Nobre, que também atuou na defesa dos professores, disse que a decisão dificilmente será passível de recurso. “O posicionamento de hoje dos ministros do TST é praticamente de última instância. Em tese caberia questionamento ao Supremo Tribunal Federal, mas dificilmente isso ocorrerá porque não se trata de matéria constitucional e sim, exclusivamente processual”, explicou o jurista.
Com a decisão, 1.988 professores terão direito ao benefício. Desses, 46,8% estão na ativa, enquanto 47,2% são aposentados e 6% já faleceram. Apesar de todos que estão inseridos no processo já terem conhecimento disso, o sindicato deverá entrar em contato com os docentes, para fornecer detalhes sobre o andamento da ação.
Com o recesso do Poder Judiciário, a tendência é que o valor total da ação dos professores, bem como a forma de pagamento pela União, seja definidos somente em 2015. Contudo, a expectativa é que o pagamento ocorra de maneira célere porque os profissionais já estavam na fila dos precatórios e são, na maioria, idosos.
Fonte: Tribuna do Norte

domingo, 14 de dezembro de 2014

FALOU DEMAIS...


Depois de prometer pôr em dia, Robinson silencia sobre pagamento de servidores

O governador eleito do Rio Grande do Norte, Robinson Faria (PSD), silenciou sobre se irá colocar em dia o pagamento dos salários do servidores públicos do Estado do Rio Grande do Norte. Procurado por O Jornal de Hoje para informar se, como e quando irá pôr os salários em dia, Robinson evitou responder, não atendendo às ligações telefônicas ou por meio de sua assessoria de imprensa.
Nesta semana, o secretário de Planejamento e Finanças, Obery Rodrigues, anunciou, ao participar de uma reunião com a equipe de transição do governo, que a governadora Rosalba Ciarlini (DEM) irá deixar um rombo de R$ 150 milhões somente de salários atrasados do funcionalismo público estadual.
Na avaliação de fontes do futuro governo, trata-se de um valor incerto, que poderá até ser maior, e que só se saberá quando o governador eleito tomar posse e os secretários do Estado se debruçarem sobre os dados financeiros e orçamentários.
Em entrevista ao Jornal de Hoje, ainda no calor da vitória sobre Henrique Alves (PMDB) no dia 26 de outubro, no segundo turno das eleições para governador, Robinson anunciou que manteria o compromisso assumido durante a campanha de pagar em dia o salário dos servidores do Estado.
O atraso nos salários passou a fazer parte do cotidiano dos servidores na reta final do governo Rosalba. Alegando crescimento das despesas com pessoal da ordem de 60%, enquanto que as receitas do Estado só aumentaram 11%, o governo do Estado iniciou a cultura de pagar os salários maiores com 15 ou até 20 dias de atraso.
PROMESSA
No período eleitoral, colocar o salário em dia, e mantê-lo em dia, foi um compromisso assumido por Robinson. Entretanto, diante do déficit de quase R$ 1 bilhão no orçamento do ano que vem para despesas com pessoal, Robinson ainda não teria encontrado a fórmula para pôr o salário em dia, constituindo-se este fato como o maior desafio do próximo governo do Estado, desafiando a capacidade administrativa de Robinson.
Além do déficit de pesssoal, na casa de R$ 1 bilhão, Robinson herdará outras dívidas da gestão Rosalba, entre as quais, a do setor de saúde, de mais de R$ 50 milhões. O déficit previdenciário também é alto e alcança R$ 60 milhões por mês.
“Somente quando Robinson assumir o governo e os secretários iniciarem os trabalhos, é que se saberá o real tamanho do rombo nas contas do Estado”, afirmou uma fonte da equipe de transição, sob a condição de anonimato.
Governador eleito se dedica integralmente a fechar secretariado
Além de talvez ainda não saber como, nesse momento uma das justificativas para que Robinson silencie sobre se porá o salário dos servidores em dia, é o fato de que ele está ocupado tentando fechar a equipe de governo.
Nos bastidores, as informações apontam para a dificuldade de conseguir profissionais gabaritados para ocupar os principais cargos do governo do Estado. Somente para a pasta da Saúde, Robinson teria recebido cinco “nãos” como resposta a propostas efetivadas.
A maioria das pastas ainda está sem indicados. São órgãos onde não há indicados a Agricultura, a Tributação, a Saúde, a Consultoria, a Defensoria, a Infraestrutura, a Justiça e Cidadania, o Departamento de Trânsito, os Recursos Hídricos, as Relações Institucionais, a Empresa de Pesquisa Agropecuária, a Companhia de Abastecimento, a Datanorte, a Companhia der Habitação e a Potigás, dentre outros.
COTAÇÕES
Ontem, reportagem de O Jornal de Hoje mostrou alguns nomes cotados para fazerem parte do futuro governo. Pelas informações obtidas nos bastidores, Robinson anunciará parte do secretariado na próxima sexta-feira, dia 19.
O PT deverá ficar com a maior secretaria, a de Educação. Além dela, o partido deverá ser contemplado com a Secretaria de Assuntos Fundiários (Seara), a Secretaria de Cultura (Secult) e o Instituto de Assistência Técnica e Extensão Rural (Emater).
Para a pasta de Educação, o PT já teria formalizado a indicação de Getúlio Marques. Professor aposentado do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do RN (IFRN), Getúlio Marques seria uma indicação pessoal da deputada federal Fátima Bezerra.
Coordenador da Comissão Política do PT, o presidente do partido Eraldo Paiva admitiu hoje que os cargos são identificados com o PT, por conta da capilaridade da legenda no movimento social, mas negou que a sigla já tenha fechado as indicações.
Além dos espaços definidos para o PT, o governador eleito, Robinson Faria, já teria nomes definidos para a Procuradoria Geral do Estado (Francisco Wilke); Turismo (Ruy Gaspar); Comunicação (Geórgia Nery); Segurança (Kalina Leite); CAERN (Marcelo Toscano), Esportes (George Câmara); Assistência Social (Julianne Faria); e Instituto de Pesos e Medidas (Ney Júnior).
Fonte: http://jornaldehoje.com.br/

É BOM SABER: COCO


O benefício da água de coco no combate ao colesterol

A água de côco, além de muito saborosa, também traz um benefício no combate ao colesterol. Ela pode ser empregada como diurético, por ser inofensiva e rica em sais de Potássio, está indicada nos casos de diarréia, vômitos ou mesmo desidratação.
A água de côco é excelente tratamento nos casos de pressão alta, problemas cardíacos, cãimbras, fraqueza muscular, dores de cabeça e mal-estar.
A redução do colesterol acontece devido ao óleo de côco, que possui efeito de reduzir a capa lipídica devido ao ácido lauríco, reduzindo o risco de entupimento das artérias.
Devido ao seu conteúdo em sais de Potássio e Sódio, o côco também é um alimento adequado para a arteriosclerose, para os nervos, cérebro e pulmões, além de ser um bom alimento para os diabéticos.
Fonte: http://www.tuasaude.com/

Postagens antigas